As universidades e Politécnicos que produziram menos livros indexados

https://19-pacheco-torgal-19.blogspot.com/2022/05/producao-de-livros-indexados-na-scopus.html

Na sequência do post acima, sobre as Instituições de ensino superior que produziram mais livros indexados na Scopus, durante o quinquénio 2017-2021 e o triénio 2019-2021 (onde se comentou o facto da Universidade de Oxford, produzir 700% mais livros indexados do que a universidade de Lisboa, apesar de até ter menos investigadores) é também importante saber quais foram as universidades e politécnicos que menos produziram, pois nesse grupo há instituições com desempenhos muito diferentes. Assim sendo, apresenta-se abaixo o valor absoluto para 19 instituições, que tenha-se presente, durante o quinquénio 2017-2021, produziram no seu conjunto, metade do número de livros indexados produzidos pela Universidade de Aveiro sozinha. Os valores dentro do parênteses curvo correspondem ao triénio 2019-2021. As instituições com produção nula foram ordenadas por ordem inversa ao número de ETIs porque a responsabilidade é tanto maior quanto maior é o número de ETIs.

1 – UTAD……………………9 (3) livros indexados na base Scopus

2 – UALG……………………7 (4)

3 – IPol.Leiria……………..5 (1)

4 – UAberta………………..4 (1)

5 – IPol.Setubal…………..3 (3)

6 – IPol.Lisboa……………2 (2)

7 – IPol.Viana Cast……..2 (0)

8 – UMadeira……………..2 (0)

9 – IPol.Santarém……….1 (1)

10 – IPol.Coimbra……….1 (1)

11 – IPCA………………………0 

12 – IPol.Portalegre………0

13 – IPol.Tomar………………0 

14 – IPol.Beja…………………0 

15 – IPol.Guarda…………….0 

16 – UAçores………………….0 

17 – IPol.C.Branco………….0 

18 – IPol.Viseu……………….0 

19 – IPol.Bragança………….0